Ações

acoes

Como operar com ações

O trading de ações é, sem dúvida, o espaço financeiro e especulativo com maior tradição no mercado. Quando alguém pensa em investir, o primeiro no que pensa é Wall Street e os brokers do Mercado de valores de qualquer filme. É óbvio que as ações, os títulos das empresas cotadas, são a ferramenta por defeito do mundo financeiro. No entanto, isso não quer dizer que investir em ações seja fácil.

Além disto, este tipo de investimentos tem numerosos tipos de estratégias de investimento e ferramentas disponíveis; tornando-o num espaço muito complexo no qual são necessários muitos conhecimentos para poder controlá-lo completamente.

Formas de operar sobre ações

  • Comprar ações diretamente
    Talvez seja a forma mais conhecida, mas certamente não a mais fácil. Para investir em ações em propriedade é preciso um grande desembolso de dinheiro e muito tempo para poder rentabilizar a operação.
  • CFD’s
    A opção da moda que ‘democratizou’ o mercado financeiro. Ao investir com Contratos por Diferença (CFDs), sempre através da alavancagem, não é preciso um grande investimento financeiro no início, enquanto que os benefícios (e as perdas) podem superar amplamente esse investimento.
  • Futuros
    É o caminho intermédio entre comprar ações em propriedade e operar com CFDs, pois precisa de um investimento económico intermédio e de um espaço de tempo médio para conseguir benefícios.

Por que motivo é o trading com CFDs é o mais popular entre os três métodos?

Quando opera com Contratos por Diferença sobre as ações de empresas como Google, Coca Cola, Apple ou Barclays, você não está comprando ações dessas empresas; está assinando um contrato com o broker online ao intercambiar a diferença no valor entre os preços de entrada/saída dessa ação específica. Devido a isto, tem algumas vantagens a respeito a outras ferramentas:

  • São aptos para posições crescentes e de baixa, pelo que o inversor pode beneficiar-se de posições sobre ativos empresariais de baixa e de outros em posição inversa.
  • Graças à alavancagem poderá conseguir rendimentos (e também perdas) 20 vezes mais altas do que seu ingresso inicial.
  • Ao não comprar diretamente a ação, o trader pode poupar a maior parte das comissões e uma percentagem grande do preço inicial, pois nunca vai efetuar a compra real do ativo em questão.
  • O Mercado de CFDs está aberto 24 horas por dia, podendo operar em qualquer momento, ao contrário dos investimentos tradicionais no Mercado de valores, que depende do horário de abertura do Mercado em questão.

Os mercados de valores mais populares

Sem dúvida, o mercado de valores mais popular a nível global é o de Wall Street, também conhecido como Mercado de Valores de Nova Iorque. Não obstante, há outros mercados nos que poderá operar, seja através da compra de ações ou de produtos derivados como os CFDs.

A seguir, facilitamos os mercados de valores mais destacados, tanto internacionalmente como no espaço ibero-americano.

  • Mercados internacionais: Wall Street, Mercado de Valores de Londres, Euronext Paris, Mercado de Valores de Frankfurt ou Mercado de Valores de Tóquio.
  • Mercados ibero-americanos: Mercado de Valores da Espanha, Mercado de Valores de México, Mercado de Valores de Lisboa ou Mercado de Valores de Chile.

Outra forma de operar sobre ações: os índices de ações

No caso de não gostar ou de não se sentir convencido com a possibilidade em investir sobre um pacote de ações em particular, mas ainda estivesse interessado no mercado de ações, a sua opção poderia ser recorrer aos índices de ações.

Os índices são uma espécie de valorização acumulada de valores de um mercado, como o Nasdaq 100 em Estados Unidos ou o IBEX 35 em Espanha, conformado pelos 35 valores mais valorizados do mercado de ações.

Através dos índices, poderá apostar com produtos derivados como os CFDs ou os futuros na direção em que acredita que se moverá o global de um mercado de ações, assim sendo é um elemento mais apetecível, em certas circunstâncias, do que operar só sobre uma empresa.

Tipos de análises para operar com ações

Existem dois tipos principais de análises para estudar o mercado de ações:

  • Análise fundamental: com a que se tenta prever os movimentos das ações baseado no estudo de eventos económicos, sociais, naturais ou políticos que possam afetar a sua cotação.
  • Análise técnica: através deste tipo de análise tenta-se prever os movimentos dos preços (especialmente a curto prazo) aplicando determinados algoritmos e cálculos, aplicados maioritariamente sobre gráficos de preços.

A plataforma do trading é fundamental

Um dos aspetos mais importantes do trading sobre ações é acertar com a plataforma de trading a utilizar. Na AvaTrade contamos com algumas das plataformas de trading mais potentes, inovadoras e confiáveis do mercado.

Com estas poderá utilizar múltiplos gráficos, funcionalidades de administração e outras funções para melhorar a sua experiencia geral no trading. Além disso, poderá controlar diretamente desde a plataforma a sua carteira de ações e também a de índices, Forex (o que é o Forex?) ou matérias primas.

Informamos regularmente os nossos clientes com as últimas notícias, recursos educativos e observações de mercado para mantê-los bem informados sobre as últimas tendências, movimentos e novidades no mundo do trading de ações.

Agora que conhece os elementos básicos do investimento em ações, pode registrar-se com uma conta demo para começar a praticar sem riscos. Também, será retribuído com um vale de boas-vindas de até €10.000 no momento do registo!