Ações Bank of America

Negociar ações de BOA com a AvaTrade

Ações Bank of America

Bank of America (abreviado como BofA) é um banco de investimento multinacional com sede nos EUA, Se econtra localizada em Charlotte, Carolina do Norte. Está cotizada na Bolsa de Nova Iorque bursátil ou com o símbolo BAC. Também é uma das maiores companias de serviços financeiros dos EUA através de sua filial Merrill Lynch. Além da sede em Charlotte, também têm grande presença em Nova Iorque, Londres e Hong Kong.

O Bank of America é o segundo maior banco dos EUA, atrá do JPMorgan Chase. Serve mais de 10% de todos os depósitos bancários dos EUA e compete diretamente no espaço do banco de consumo com JPMorgan Chase, Wells Fargo, Citigroup entre outros. Os principais serviços financeiros do Bank of America se concentram em bancos de investimento, gestão de patrimônio e bancos comerciais.

Abra hoje uma conta na AvaTrade e começe a operar com CFDs do Bank of America!

A criação do Bank of America

O Bank of America foi fundado originalmente em San Francisco e cresceu ao longo dos anos através de aquisições e fusões. Em 1998, o Bank of America foi criado através da aquisição do BankAmerica pelo NationsBank, e a empresa resultante tomou o nome Bank of America.

O BankAmerica foi adquirido por US$ 62 bilhões em 1998 pelo NationsBank com sede em Charlotte, após sofrer perdas significativas na inadimplência dos títulos russos em 1998. Naquela época, foi a maior aquisição bancária da história. Seguiu crescendo através de uma série de aquisições no século XXI, incluindo a compra da Merrill Lynch em 2008, o que ajudou o banco a estabelecer seus negócios de gestão de patrimônio e bancos de investimento.

Quão grande é o Bank of America?

Desde 2018, Bank of America (NYSE: BAC) é o terceiro maior banco de investimentos do mundo ficando atrás do Goldman Sachs e JPMorgan Chase. Do lado da gestão de riqueza, é o segundo maior do mundo, com US$ 1,1 trilhão em ativos sob gestão. Somente o UBS tem mais ativos sob gestão

Como banco comercial, Bank of America opera nos 50 estados dos EUA, o Distrito de Columbia e em mais de 40 países de todo o mundo. Tem uma relação bancária com aproximadamente 50 milhões de consumidores e pequenas empresas, e mais de 4.600 centros bancários.

Se mencionarmos o lado negativo, a enorme escala do banco, suas atividades comerciais e seu impacto econômico, o têm levado a numerosas investigações e ações judiciais em relação à crise financeira de 2008.

O Bank of America continua a desfrutar de uma importante participação do mercado. A partir de janeiro de 2020, o banco tem uma capitalização de mercado de US$ 313,5 bilhões, o que o converte na 14ª maior empresa pública do mundo. Além disso, é a décima-primeira maior corporação de EUA, e alcançou $ 23 bilhões de dólares em ingressos no terceiro trimestre de 2019. Se espera que o BofA informe as finanças do quarto trimestre em 15 de janeiro de 2020.

Fusão do NationsBank e BankAmerica

Em 1997, o que era então BankAmerica concedeu um empréstimo de US$1,4 bilhões ao fundo de cobertura D.E. Shaw & Co. O empréstimo destinava-se a financiar as operações de várias empresas em nome do banco. Entretanto, D.E. Shaw sofreu perdas maciças na inadimplência dos títulos russos em 1998, deixando o BankAmerica à beira da falência. O NationsBank of Charlotte interveio e comprou o BankAmerica por $ 62 bilhões de dólares, o que foi a maior aquisição bancária até hoje na história.

Embora o NationsBank fosse o banco adquirente e o sobrevivente, a empresa resultante da fusão escolheu usar o nome Bank of America, como era mais conhecido. O banco ainda opera sob um estatuto dado por Amadeo Prieto Giannini em 1927, pouco antes de fundir seu então Banco da Itália com o Bank of America, Los Angeles, criando a maior instituição financeira da época.

Como o NationsBank foi o sobrevivente, o Bank of America tem sua sede em Charlotte, e a história das ações do Bank of America inclui o preço das ações do NationsBank antes da aquisição de 1998.

Histórico de Preços das Ações do Bank of America

As ações do NationsBank subiram desde um mínimo em dezembro de 1994 a US$ 10,84 por ação e atingiram US$ 44,21 em julho de 1998, mas caíram drasticamente com a aproximação da fusão com o BankAmerica. Quando a fusão foi concluída, o novo preço das ações do Bank of America foi reduzido pela metade, atingindo um mínimo de $ 22 dólares em outubro de 1998. Contudo, não ficaria ali.

Após uma recuperação para o nível de $ 38 dólares, criando um padrão de cabeça e ombros, a ação caiu no comércio entrecortado durante os 18 meses seguintes. Quando a venda foi concluída, as ações foram novamente reduzidas pela metade, negociando a um mínimo de $ 18,15 dólares em dezembro de 2000.

Os investidores que compraram as ações a esse preço ficaram muito felizes, desde que saíssem antes da crise financeira de 2008, que teve o Bank of America muito envolvido como o maior credor hipotecário nos EUA após a aquisição da Countrywide Financial, e o principal subscritor da dívida de alto rendimento após a aquisição da Merrill Lynch.

Abra uma conta hoje na AvaTrade e comece a operar com CFDs do Bank of America!

As Ações do Bank of America Sobem na sua Máxima Histórica

A partir dessa queda em dezembro, o preço das ações do Bank of America disparou para US$ 55,08 por ação em novembro de 2006. E isso é maios ou menos quando os investidores deveriam ter começado a sair. O preço das ações foi mantido por alguns meses, e as perdas foram modestas no primeiro semestre de 2007. Como 2007 continuou, as perdas começaram a aumentar, e aqueles que não venderam suas ações no início de 2008 ainda podem estar acumulando perdas. em janeiro de 2020.

A crise financeira e as ações do Bank of America

Desde as altas acima de US$ 50 por ação em 2007 até meados de 2008, as ações da empresa caíram para US$ 30 à medida que a crise financeira global continuava a se aprofundar.

No final de 2008, as ações do Bank of America haviam caído para $ 12,66 dólares por ação, mas o pior ainda estava por vir. Em fevereiro de 2009, o preço das ações do Bank of America teria caído para $ 2,53 dólares por ação.

A empresa parecia pronta para ir à falência, mas foi resgatada pelo governo dos EUA porque era “grande demais para falhar”.

Aqueles inteligentes o suficiente para comprar em torno desses níveis estão bastante felizes desde janeiro de 2020, já que as ações do Bank of America estão sendo negociadas a $ 34,76 dólares por ação. Mas aqueles que haviam comprado em 2007 e início de 2008 ainda estão perdendo mais de uma década depois.

Ideias para Negociar as Ações do Bank of America

O Bank of America é uma ação na qual não receberá muita ajuda de analistas. Se observar os 26 analistas que seguem a ação, 13 o classificam como uma compra e 10 o classificam como uma retenção. Há também 1 classificação superponderada e 2 classificações de vendas. Isso não inspira uma grande quantidade de confiança.

Por outro lado, o Bank of America registrou ganhos recordes em 2019. O que poderia estar impedindo os analistas de recomendar as ações, são as baixas taxas de juros gerais, que não são muito favoráveis para os bancos ganharem dinheiro, pelo menos não a partir de empréstimos.

Aqueles interessados nos princípios básicos podem estar atentos na economia dos EUA, que tem sinalizado uma próxima recessão, embora outros pontos de dados mostrem que a economia está em boa forma. Uma recessão certamente seria ruim para o Bank of America e torná-lo um candidato a uma venda curta.

Banco da América Estalla à Inversa

Curiosamente, o preço das ações do Bank of America permaneceu relativamente estável durante a maior parte de 2018 e 2019. Somente no final de 2019 as ações poderiam exceder o limite de $ 33 dólares. Isso é um sinal de alta à medida que nos aproximamos de 2020. O cabo de 30 dólares é também o decote do padrão da cabeça e ombro criado no final dos anos 90, o que o torna um suporte a muito longo prazo.

Em Conclusão

Não se sente seguro se as ações do Bank of America são adequadas para você? Não se preocupe, esta bem. Se cria uma conta na AvaTrade, não somente terá acesso à nova e aprimorada plataforma MetaTrader 5, que lhe dará acesso às operações do Bank of America e também a centenas de outras ações populares como por exemplo: Google, Commodities como petróleo bruto, índices mundiais como o sp500 index e novas criptomoedas como Bitcoin ou Litecoin (ltc).

Com 38 indicadores técnicos, terá muitas ferramentas para analisar os gráficos de qualquer estoque e decidir para onde o preço poderia ir. Além disso, o MetaTrader 5 suporta o uso de Expert Advisors, o que torna a plataforma perfeita para AutoTrading.

No entanto, não se pode negociar sem uma conta, então entre hoje na AvaTrade e registre uma conta demo para aproveitar as vantagens de negociar com o recentemente reformulado MetaTrader 5.

Informação de traiding: Bank of America

  • Símbolo MT4 / MT5: #BOA
  • Horario de negociação: Segunda-feira a Sexta-feira das 14:30 as 20:59 GMT
  • País: Estados Unidos
  • Moeda: USD
  • Bolsa de valores: NYSE
  • Alavancagem:

Abra uma conta na AvaTrade e comece hoje a operar com CFDs do Bank of America!