Ações Visa

Operar Ações Visa

Ações VISA

A maioria das pessoas estão familiarizadas com os cartões de crédito e débito Visa. A empresa não emite realmente esses cartões, mas podemos mencionar que é uma empresa de tecnologia de pagamento que criou uma rede global de pagamentos para conectar consumidores, empresas e agências governamentais aos pagamentos eletrônicos.

Embora seja parte do setor de serviços financeiros, os grandes gastos tecnológicos que implementou também a converteu em uma empresa de tecnologia aos olhos de alguns analistas.

Abra uma conta na AvaTrade e comece hoje a operar CFDs de ações da VISA!

A Visa fornece uma rede global que permite a transferência transfronteiriça de valores e informações. A rede facilita não apenas a compensação e liquidação de transações financeiras, mas também a autorização de transações. Ao longo dos anos, a Visa também acrescentou diversas plataformas adicionais, produtos e serviços de valor agregado, que juntos contribuíram para sua receita estimada em quase US$ 23 bilhões em 2019.

A empresa foi fundada por Dee Hock em 1970 e está sediada em São Francisco, Califórnia.

Histórico de Preços da Visa

Embora fundada em 1970, a Visa (NYSE: V) não teve seu IPO até 2008. Desde então, o desempenho do estoque tem sido absolutamente surpreendente, embora tenha enfrentado alguns ventos de proa no período de 2009-2011.

Ainda assim, os investidores poderiam saber que as ações seriam algo especial quando o desempenho do primeiro dia se observou um aumento nas ações em 28%. Desde então, as ações da Visa têm estado em uma recuperação aparentemente interminável que tem recompensado bastante bem os primeiros investidores.

Um Início Épico para as ações da Visa

O preço da Visa IPO foi de US$ 44 em 19 de março de 2008 (US$ 11 por ação quando ajustado para um desdobramento de ações 4:1). Na época, o IPO da Visa era considerado o maior da história da NYSE. Ao final do dia seguinte, as ações estavam sendo negociadas a $56,50 dólares por ação ($14,13 dólares com ajuste de desdobramento).

Podemos ver que o IPO foi incrível, mesmo no meio da crise financeira global. Alguns dias após o IPO, a JPMorgan fez sua oferta de US$ 2 por ação para o Banco de Investimentos Bear Stearns falido. As ações financeiras em geral, enfrentaram fortes ventos em contra, mas a Visa foi uma claramente uma excessão.

Nem tudo tem sido Cor de Rosa

O que manteve a Visa a favor dos investidores é que não é um banco, nem prestamista. Não fez nenhum tipo de empréstimo e não tinha nenhuma ligação com as hipotecas que causaram a crise financeira. A Visa é apenas uma rede de pagamento, cobrando uma pequena taxa para cada vez que um cartão de crédito ou débito com a bandeira Visa é usado.

Embora a Visa ainda não pudesse evitar o sentimento negativo em torno do setor financeiro em 2008, em 20 de janeiro de 2009, as ações da Visa terminaram em seu mínimo histórico de $42,42 dólares por ação.

As ações passaram o restante de 2019 subindo e em abril de 2010 tinham quase atingido 100 dólares por ação. Entretanto, em maio de 2010, as ações caíram novamente quando a Emenda Durbin, que pretendia tornar o processamento de transações de débito menos lucrativo, foi debatida no Congresso. As ações Visa caíram para um mínimo de $68,28 dólares por ação, já que os investidores geralmente temiam que os ganhos fossem regulamentados.

Um ano depois, em junho de 2011, a Reserva Federal emitiu a regra final limitando as taxas a $0,21 dólares mais 0,05% do valor da transação. Os acionistas da Visa deram um suspiro de alívio e os preços das ações subiram de $75 dólares em 28 de julho de 2011 para mais de $86 dólares no dia seguinte.

Visa, a ação Blue Chip (The Blue Chip Stock)

A Visa aderiu ao exclusivo Industrial Average Dow Jones index em 23 de setembro de 2013, tornando-a uma das melhores Ações Blue-Chip. A partir de janeiro de 2020, segue sendo uma das 30 ações da Dow Jones.

Desde 2013, as ações da Visa tem se cotizado em alta na maior parte do tempo. Houve alguns declínios moderados ao longo dos anos, mas cada vez que a Visa se recupera, a ação reaparece mais forte do que nunca.

Abra uma conta na AvaTrade e cpmece hoje a operar CFDs de ações da Visa!

Um Crescimento Sólido nas Ações da Visa

O que realmente surpreende é que em nenhum momento desde sua IPO em 2008 as ações da Visa tem sido barato. Em muitas ocasiões tem estado operando a um P/E mais alto que a média do mercado. Isto se deve ao crescimento da Visa ao lonfo dos anos, tem sido assombroso

Mesmo depois de tantos anos, a Visa continua a gerar crescimento de receita de dois dígitos graças ao contínuo crescimento significativo nas transações e no volume de pagamentos. A cada ano, o dinheiro físico se perde com os cartões, e cada ano a inflação também significa mais volume de transações. Nenhuma dessas tendências deve mudar, o que significa que as ações da Visa e a Visa continuarão a crescer.

Fazer Trading com as Ações da Visa

Se seguir o consenso entre os analistas, então o curso óbvio é comprar ações Visa. Dos 35 analístas que cobrem as ações, 32 a qualificam como compra. Além disso, o preço-alvo médio é de US$ 205, que é quase 10% mais alto do que o preço no início de janeiro de 2020. Buscar imersões e a comprar é uma estratégia sólida que é válida durante o tempo que a Visa tem sido uma empresa de capital aberto.

Veja as notícias

A Visa tem várias fontes potenciais de notícias que poderiam fazer o estoque subir ainda mais. Os traders deveriam estar atentos às notícias sobre a entrada da Visa na China. Desde 2014, a China disse que aprovará uma legislação que permitirá o acesso da Visa para mais de um bilhão de pessoas em seu país, pondo fim ao quase monopólio da Alipay no país. Qualquer notícia de desenvolvimentos positivos nessa frente poderia enviar as ações da Visa substancialmente mais altas.

Outra fonte de potencial positivo nas notícias é a contínua transição do dinheiro físico para o digital. Com sua forte rede global de pagamentos, qualquer movimento em direção ao dólar digital é susceptível de ver a Visa como um grande aliado. Em qualquer caso, tem sido esta mudança para o dinheiro digital que tem estado por trás de grande parte do contínuo crescimento de dois dígitos da Visa. Como a tendência para o dinheiro digital continua, a Visa poderia se beneficiar.

Busque o Baixo Rendimento da Visa

Outra situação a ser considerada quando se pensa em negociar ações Visa é quando o seu desempenho é pior do que o do mercado em geral. Historicamente, cada vez que a Visa fica atrás do S&P 500, tem sido um bom momento para comprar. Tal baixo desempenho raramente dura mais de um mês ou dois, após o qual as ações freqüentemente retornam com uma vingança.

Em Conclusão

As ações da Visa são apenas uma das centenas de ações da empresa que podem ser acessadas através da plataforma MetaTrader 5 na AvaTrade. A plataforma expande as ofertas aos clientes, e não apenas isso, mas os clientes também podem negociar índices bursáteis, forex trading, investir em ouro, petróleo bruto e milho, e mesmo com criptomoedas como ethereum.

Agora é o momento perfeito para se registrar na AvaTrade, baixar a plataforma MetaTrader 5 e começar a negociar. Os usuários podem inclusive aproveitar uma conta demo para praticar suas estratégias preferidas antes de assumir riscos com dinheiro real em negócios como ações Visa e outros.

AvaTrade Visa Stock Trading Information

  • Informação de Trading: Ações da Visa #VISA
  • Horário de negociação: Segunda – Sexta 14:30 – 20:59 GMT
  • País: USA
  • Moeda: USD
  • Bolsa de valores: NYSE
  • Alavancagem até:

Abra uma conta da AvaTrade e comece hoje a aoperar CFDs das ações da VISA e outras como por exemplo ações Sony, ações Coca cola, ações da Adidas, entre outras!