Ordens OCO

oco

Ordens OCO

A ordem OCO (sigla inglesa que significa one order cancels the order, ou uma ordem cancela a outra) combina duas ordens de entrada. Se uma ordem é ativada, a outra é automaticamente cancelada, garantindo que independentemente do movimento do preço, apenas uma ordem seja executada.

Como usar uma ordem do tipo Uma cancela a outra?

Definir ordem do tipo Uma cancela a outra ordem

Localize o instrumento desejado na tabela de taxa de negociação na coluna desejada, comprar ou vender. Clique no instrumento com o botão direito e escolha a OCO de entrada.

Entry OCO Order

Defina as preferências da janela Ordem OCO de entrada (Entry OCO Order).

Uma ordem do tipo OCO ordem em uma ordem de entrada existente

Para colocar uma ordem do tipo OCO, em primeiro lugar abra uma ordem de entrada, a qual aparecerá na janela da sua plataforma.

Open Entry Order

Assim que aparecer a primeira ordem, passé o mouse na linha da sua ordem e clique e escolha a opção OCO Link. Em seguida, escolha Set to New Order (Colocar a nova ordem).

Limit Entry Order

A nova janela solicitará ao usuário colocar uma ordem de entrada oposta àquela existente (por exemplo, uma venda limitada de entrada terá ordem OCO de venda stop de entrada)

OCO orders list

Depois que a segunda ordem de entrada for definida, a janela de ordem mostrará as duas ordens, incluindo o número da outra ordem.

Gestão de Risco

As ordens OCO também são usadas como ferramenta de gestão de risco, permitindo minimizar a exposição negativa aos mercados, simultaneamente elevando seu lucro potencial.

Sua importância como ferramenta de gestão de risco é ignorada com frequência; contudo, ela é primordial para seu sucesso nos mercados.

Planejar e escolher corretamente as ferramentas de gestão de risco é essencial para sua carteira. Nunca entre numa operação às cegas ou como se estivesse num cassino: você poderá dar sorte uma ou duas vezes; mas quando a emoção passar a ditar suas operações, eventualmente você terá perdas dolorosas.

Há inúmeros benefícios para os investidores que utilizam as ordens OCO para gestão de risco. Por exemplo, quando os mercados estão passando por inesperados e significativos diferenciais de preço e movimentos de preço acentuados, o operador poderá não conseguir abrir uma posição a um nível predefinido. Predefinir a ordem OCO será a solução nessas ocasiões.

Perguntas e Respostas

Por que eu deveria usar uma ordem OCO?

As ordens OCO são frequentemente usadas por operadores experientes para limitar o risco de mercado ao entrar numa posição. Elas são especialmente úteis quando se opera breakouts (superação de suporte e resistência) ou retracements (curtos períodos contra a tendência principal) devido a sua qualidade de mitigador de risco. Por exemplo, se um operador pretendia iniciar uma operação quando o preço superar a resistência ou seguir abaixo do suporte, ele poderia usar a ordem OCO. Também pode fazê-lo ao iniciar uma ordem buy stop e outra sell stop. Se uma delas for executada, a outra será imediatamente cancelada. A estratégia também é útil perto de divulgações de resultados, quando o operador tem certeza de que o preço se moverá substancialmente, mas não em que direção.

A ordem OCO possui outro nome?

Por ser frequentemente usada em breakouts ou em escalas estreitas de negociação, ela também é chamada de ordem bracket (suporte). Isso porque dá suporte ao preço atual enquanto o operador aguarda o movimento. Isso pode ser útil a quem estiver certo de que o preço irá mudar substancialmente, mas não souber quando isso irá acontecer ou em que direção. Muitas vezes as divulgações de resultados ocorrem em momento propício para a utilização desse tipo de ordem.

Qual é a melhor hora para usar a ordem OCO?

Os operadores podem usar a ordem OCO sempre que antevirem uma movimentação significativa, sem saber a direção da mesma. Isso ocorre com frequência com ações voláteis, após divulgações de resultados ou quando novos produtos são lançados. A ordem OCO também pode ser útil em períodos de consolidação de ações, quando estiverem operando de lado numa escala estreita. O operador sabe que a ação vai se mover, mas não em qual direção.