¿Como analisar e operar o Euro Dolar?

O Euro Dolar é o instrumento com o qual a maioria dos traders se iniciaram no FOREX. Existem várias razões pelas quais o par EUR/USD é o mais popular no mercado de câmbio:

  • Os Estados Unidos e a União Europeia são duas das principais economias do mundo.
  • O dolar continua sendo a moeda de reserva por excelência e, apesar das últimas crises financeiras, não perdeu seu caráter de opção segura.
  • O euro, desde sua criação, é a segunda moeda de reserva do dolar, ocupando o lugar liberado pelo marco alemão como moeda de referência.
  • É o par mais frequente e, portanto, a partir do qual é mais fácil obter informações e análises sobre sua evolução.

Tudo isso faz com que o par EUR/USD seja o mercado de moedas mais negociado. A alta liquidez do Euro Dolar nasce de duas vantagens imediatas tanto para o profissional que deseja iniciar no FOREX quanto para os operadores com experiência no mercado cambial:

  1. Menos volatilidade do que outros pares, o que facilita a forma de gerir o risco para traders inexperientes.
  2. Menor spread. O spread EUR/USD é o mais baixo no mercado de câmbio, então, mantendo tudo igual, sempre será mais barato negociar esse par com os outros.

Apesar de todas essas vantagens, para operar com sucesso no par EUR/USD, vários fatores devem ser tomados em conta:

  •  Escolha o melhor horário para operar.
  • Conheça as principais datas de publicação de notícias que afetam o preço do EUR/USD.
  • Esteja informado das variáveis macroeconômicas que afetam o dolar e o euro.
  • Defina uma estratégia de trading e seja disciplinado.

Esses fatores devem ser tomados em conta para operar no curto prazo (day-trading) a médio e a longo prazo. Embora, obviamente, alguns deles devam ser considerados com mais atenção por parte dos operadores que operam no dia e outros por operadores com um horizonte de investimento mais longo:

Para os operadores que operam no dia a escolha das melhores horas para operar é fundamental, enquanto que para operações de médio ou longo prazo, o seguimento da evolução das variáveis macroeconômicas das moedas será mais relevante.

O melhor horário para operar Euro Dolar

É possível negociar o par EUR/USD 24 horas por dia, 5 dias por semana, pois as aberturas dos mercados de Londres, Nova York e Tóquio acontecem a horas distintas ao longo do dia.

No entanto, dentro das 24 horas de negociação, no par podemos diferenciar claramente dois intervalos de tempo com características muito diferentes.

O primeiro intervalo começa com a abertura do mercado de Londres às 7:00 GMT e termina com o encerramento às 4:00 GMT. Dentro deste horário também acontece a abertura de Nova York às 12h GMT. Portanto, no fim do intervalo, o encerramento de Londres se sobrepõe às primeiras horas de negociação de Nova York.

Durante o primeiro intervalo horário, as principais notícias que afetarão o preço do par EUR/USD serão publicadas:

  • A maior parte da publicação de dados econômicos relevantes sobre o euro é publica-se entre 7h e 10h GMT.
  • Os dados econômicos mais importantes dos Estados Unidos costumam ser publicados antes da abertura da Bolsa de Nova York.

A coincidência da abertura dos mercados de Londres e Nova York e a publicação de dados econômicos significa que o preço do EUR/USD entre as 7h GMT e as 16h GMT se caracteriza pela maior volatilidade e os menores spreads. Por isso, a possibilidade de obter benefícios é maior, embora também é o risco.

O segundo intervalo começa com o encerramento do mercado de Londres e abrange o restante da abertura de Nova York e todo o intervalo de tempo em que apenas o mercado de Tóquio está operativo. Geralmente se chama a isso horário asiático.

Durante as horas asiáticas, a volatilidade é menor e o intervalo de variação de preço é muito mais restrito. Isso significa que mesmo que os benefícios potenciais sejam menores, é mais fácil adotar estratégias de intervalo de negociação, pois durante esse tempo os suportes e a resistência do par são geralmente definidos com maior claridade. Esta estratégia é explicada no final desta página.

As diferenças entre os dois intervalos descritos podem se ver no gráfico em seguida que representa o preço por hora do EUR/USD entre 26 e 30 de abril de 2018:

grafico euro dolar

No gráfico anterior, um retângulo sombreado em vermelho indica o período entre as 7h e as 16h GMT e um retângulo sem sombreamento, o horário asiático.

No volume de negociação, que se vê na parte inferior do gráfico, os picos de volume produzidos quando o mercado de Nova York abre foram indicados com uma seta azul.

Em resumo:

  • Horário ocidental – Horário asiático.
  • Alta volatilidade – Volatilidade reduzida.
  • Volume de negociação muito alto: spreads mais baixos – Volume de negociações menor.
  • Maior benefício potencial – Menor benefício potencial.
  • Maior risco – Mais fácil limitar o risco.

Como se pode ver, o EUR/USD oferece duas possibilidades de trading on-line bem definidas. Dependendo do perfil que o operador tenha, será mais apropriado, se tiver disponibilidade horária, operar em uma programação ou na outra.

Datas chave que afetam a cotação do par Euro Dolar

Como se indicou anteriormente, o par EUR/USD é o par de moedas em que há mais notícias e publicações, dada a relevância das duas moedas que o compõem.

No entanto, há uma série de datas importantes que todos os operadores deste par de moedas têm que ter na sua agenda, pois geralmente coincidem com aumentos na volatilidade do par ou mudanças antecipadas na tendência do EUR/USD.

Publicação do relatório de folhas de pagamento não agrícolas (Non-farm payrolls)

Este relatório reflete a taxa de criação de emprego nos Estados Unidos (sem contar o setor agrícola). Um dado positivo sobre a taxa de emprego afeta positivamente o preço do dolar.

Esta é a publicação que mais afeta o FOREX, portanto, para tentar antecipar o possível impacto de seus resultados, é comum acompanhar a evolução de outros indicadores relacionados, como o ISM da produção industrial (ISM Manufacturing Index).

O relatório de folhas de pagamento não agrícolas ou “Non-farm payrolls” se publica na primeira sexta-feira de cada mês às 8:30 (horário de Nova York).

Resultado das reuniões do Banco Central Europeu e da Reserva Federal

O Banco Central Europeu e a Reserva Federal marcam a política monetária do euro e do dolar, respetivamente. Suas decisões, fundamentalmente aquelas que têm impacto sobre as taxas de juros, têm uma influência essencial na percepção que o mercado terá sobre a força de uma moeda em relação à outra.

As datas dessas reuniões são publicadas com bastante antecedência: o Banco Central Europeu costuma realizar duas reuniões por mês. A Reserva Federal tem uma reunião mensal, mas as que têm um impacto maior na política monetária são as que acontecem nos meses de março, junho, setembro e dezembro.

Variáveis macroeconômicas que afetam o Euro Dolar

Como acontece com qualquer par de moedas, a evolução do preço do par EUR/USD será determinada pelo resultado da comparação da força de uma moeda contra a outra. Como já se viu no ponto anterior, esse equilíbrio de forças se traduz em aumentos na volatilidade cada dia, coincidindo com datas de publicação de dados chave.

Mas, no médio e longo prazo, a força relativa das moedas e, portanto, a tendência no preço do par está influenciada por uma série de variáveis macroeconômicas que devem ser tomadas em consideração para operar o EUR/USD. Essas variáveis são:

  • Crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) e taxa de desemprego. A moeda cuja economia tem maior taxa de crescimento do PIB e menor taxa de desemprego tenderá a se valorizar em relação com a outra.
  • Taxas de juros. Quando todos os fatores são iguais, a moeda com taxas de juros mais altas tenderá a se valorizar em relação aos seus pares.
  • Inflação. Uma moeda com alta inflação e baixo crescimento do PIB tenderá a se depreciar em relação a seus pares.

Se você quer negociar com o par EUR/USD, é necessário controlar a evolução do comportamento dessas variáveis nas economias americana e europeia:

  1. Crescimento do PIB
  2. Taxa de desemprego
  3. Taxas de juros
  4. Inflação

Estratégia Euro Dolar – Exemplo

Operar em qualquer mercado sem definir uma estratégia prévia é operar aleatoriamente. Isso se aplica, obviamente, à negociação com o EUR/USD. Cada operador deve escolher sua estratégia de acordo com seu tipo de negociação e sua aversão ao risco.

Como exemplo, neste ponto explicaremos a estratégia da faixa de negociação que é simples de aplicar e pode ser adaptada muito bem à negociação de EUR/USD. As etapas para definir essa estratégia são:

  • Identifique no gráfico de preços um movimento lateral do par EUR/USD entre uma faixa de preço definido.
    No exemplo usamos o gráfico diário do EUR/USD entre os meses de fevereiro, março e abril do ano de 2018.

grafica euro dolar

  • Desenhe duas linhas paralelas para estreitar o intervalo em que queremos desenvolver nossas operações. Essas linhas são as linhas azuis escuras. A linha superior corresponde ao preço de 1,2446 e a inferior ao preço de 1,2240.
  • Defina os níveis de stop loss tomando em conta os picos do preço e o risco que queremos assumir na operação. Uma vez definido, desenhe os mesmos no gráfico. Estes níveis correspondem às linhas laranja desenhadas acima e abaixo das anteriores: 1.2506 e 1.2193 respetivamente.
  • Dê as ordens de negociação de acordo com este esquema:

– Se o preço estiver na linha azul inferior, a ordem seria para compra com o stop loss na linha laranja inferior.

– Se o preço estiver acima da linha azul acima, a ordem seria para venda com o stop loss na linha laranja superior.

Nestas ordens também definiríamos o nível de saída de acordo com a relação lucro/perda que queremos assumir.

Vamos ver isso com um exemplo:

analisis euro dolar

No ponto indicado com uma seta verde, a ordem de compra seria aberta a um preço de 1,2240 e com um stop loss de 1,2193. A maior perda aceitável seria, portanto, 47 pips. Se procurarmos a recompensa máxima dada pela faixa de preço, definiríamos o preço inicial em 1,2446 (linha azul superior), com o qual o objetivo de lucro seria (1,2446-1,2240) = 206 pips. A taxa lucro/perda seria da ordem de 4: 1 (206/47).

No entanto, poderíamos assegurar mais a operação com um objetivo de saída no valor médio do intervalo: 1,2343. Este objetivo teria uma probabilidade maior e manteria uma relação de lucro/perda da ordem de 2: 1 (103/47). Neste caso, de acordo com a evolução posterior da cotação, teríamos assegurado o encerramento da operação.